30.6.12

Vamos viver o hoje?

Olhe para frente, menina. Nada de ficar olhando para trás, relembrando outros tempos e não vivendo o de agora. O que passou,passou. Talvez volte, mas de uma forma diferente. Temos que aprender a viver o momento de agora, o que está acontecendo hoje. Nada de ficar querendo viver o ontem e pensando no amanhã. Siga o seu caminho. As boas lembranças estarão guardadas na memória e o amanhã... é o amanhã. Pare de pensar no que aconteceu e comece a pensar no que está acontecendo. Viva os tempos de agora. Olhe para frente, mas não muito. E siga o seu caminho nessa longa estrada.

Look ahead, girl. Stop looking back, remembering the old times. Stop living the past. What have passed, just passed. Perhaps it can come back. We've got to learn about  how to live this moment. How to live the present. Stop wanting  to live the yesterday, and thinking about tomorrow. Follow your road. The good memories will always be kept in your mind. And tomorrow, well, tomorrow is tomorrow. Live the present. Look forward, but not too much. And follow your path on this long road.

Pessoal, recebi dois selinhos muito fofos dos blogs dos blogs Caren Surama e No estilo, na moda, mas vou divulgá-los no próximo post, ok? Beijão <3
FOTO: We Heart It

28.6.12

Gabriela, voltando aos anos 20

Faz um tempinho que eu venho observando o figurino da novela Gabriela. A trama, que se passa na década de 20, anda fazendo sucesso com seu elegante figurino. O cenário, a Bahia dos anos 20, também ajuda a compor essa sofisticação. Um dos figurinos que me vem chamando mais a atenção é o da Malvina, interpretada pela bela Vanessa Giácomo; sua personagem representa a mulher independente que começa a surgir nessa época. A personagem adora vestidos médios e retos, além de usar o charmoso corte à la garçonne, que ficou famoso com atriz norte-americana Louise Brooks. As roupas sexy e chamativas das meninas do bataclã também me chamaram muito a atenção. O uso de jóias, headbands, penas, espartilhos e cabelos curtos é tipicamente vintage. As madames também não podiam ficar de fora; suas roupas são mais formais, mas deixam de ser elegantes, com seus chapéus e leques. Na trilha sonora temos músicas típicas da região nordeste, como o tema de Gabriela, jazz e charleston. Esse magnifico figurino é assinado por Lalibe Simão. Tudo o que tenho a dizer é: parabéns, Lalibe!

O que vocês acham dessa volta à década de 20, em Gabriela? Eu estou amando! Beijos <3
FOTOS: Globo.com, Divulgação

26.6.12

Latin Feelings

O inverno já chegou e junto com ele, as temperaturas frias que vêm predominando o clima. A tendência no inverno é o uso de tons neutros ou frios, como branco, bege, azul marinho, etc. Mas por que não abusar de tons quentes e estampas coloridas e gráficas? Muitas pessoas acham que tons quentes devem ser usados apenas no verão e floral apenas na primavera. Mas isso não é verdade. Podemos sim, usá-los nessa época do ano. Combinados com os acessórios e cores certas, as produções ficam elegantes e sensuais. Solte o seu lado chica e esquente-se com as inspirações latinas abaixo.

In the southern hemisphere, winter has arrived. The trend this season are the neutral or cold colours, such as white, beige, navy blue, etc. But why don't we dress hot colours this season? Many people think hot colours can only be worn in summer. But this isn't true. We can wear them in winter, of course. Matched with the right accessories and colours, the outfits will be fashionable and sexy. So get inspired by this latin feeling, chica.

Rendas, transparência, veludo, lábios vermelhos, flores, tons vivos, cruzes, bordô, chapéus e lenços. Todos esses elementos podem te transformar em uma chica latina. Abuse das bijuterias e da maquiagem. Misture influências latinas com as sessentistas, assim como a Lana Del Rey - tem combinação mais vintage e latina?  Para finalizar, mais latina e fashionista que Shakira impossível né?

Lace, transparency, velvet, red lips, flowers, hot colours, crosses, burgundy, hats and scarves. All of these accessories can help you become a chica latina. Jewelry and make-up can help you too. Match latin influences with the sixties, such as Lana Del Rey. To finish this latin post, Addicted to You by Shakira.



O que acharam desse post latino, chicas? Beijos <3
So what did you think of this latin post, chicas? Kisses <3


FOTOS: We Heart It, VOGUE MEXICO, POLYVORE

24.6.12

Filme: Jezebel (1938)

Clássico da década de 30, Jezebel rendeu o Óscar de Melhor Atriz à Bette Davis. O filme conta a história de Julie Marsden, uma jovem rica que está comprometida com Preston Dillard, um jovem banqueiro. Dona de uma personalidade forte e muito teimosa, Julie decide ir ao baile da cidade com um vestido vermelho. Detalhe: todas as moças deveriam ir vestidas de branco. A partir desse fato os dois rompem e uma guerra está por vir. No elenco estão Bette Davis, Henry Fonda e George Bent. O figurino foi assinado pelo famoso figurinista Orry-Kelly, que também assinou os figurinos de Quanto Mais Quente Melhor e Casablanca. A história se passa em 1850 e é muito parecida com a de E o Vento Levou: ambos os filmes falam sobre moças sonhadoras, determinadas e mimadas. Realmente, é um clássico.

Jezebel is a classic of the 30s. Bette Davis won the Academy Awards for her role in this film. The plot: Julie Marsden, a young rich girl is committed to Preston Dillard, a young banker. She has a strong personality and headstrong. Julie decides going to the ball wearing a red dress. But all the ladies in the ball should be in white. Then the couple breaks up and begins the American Civil War. In the cast are Bette Davis, Henry Fonda and George Bent. The wardrobe is signed by Orry-Kelly, who also signed the costumes of Casablanca and Some Like It Hot. It's a classic film and I really recomend it.

O que acharam da dica de filme? Já assistiram? Beijos <3
What did you think of the post? Have you ever watched this film? Kisses <3

FOTOS: GOOGLE
FONTE: 70 ANOS DE CINEMA

22.6.12

All White

Produções totalmente brancas apareceram e muito nos maiores desfiles de moda do Brasil e do mundo. Outfits brancos são uma das principais tendências para esse inverno, que já chegou. O segredo para fazer um total white outfit é abusar das peças de roupas dessa cor e nos acessórios, apostar em cores pastéis ou claras (cores quase brancas). 

Total white outfits have already appeared in many catwalks around the world. They're a trend between fashionistas and it girls. We can say that total white outfits are the new classic black dresses. After all, is there any more classic colour than white?
• Como fazer um look totalmente branco? Você não precisa usar um look totalmente branco. Para quebrar a cor, que tal apostar em acessórios coloridos? Cintos, bolsas, óculos, sapatos e joias de outras cores. Se você mora numa região fria aposte num faux fur , lã, blazers, camisas, jaquetas e trench coats. Caso, more no norte ou nordeste, camisetas, vestidos ou conjuntinhos também são bem-vindos. Floppy hats e pantalonas dão um ar anos 70 às produções. Inspirem-se com as fotos...

O que acham dos looks total white? Beijos <3
What do you think of these total white outfits? Kisses <3

FOTOS: TUMBLR. WE HEART IT, LOOKBOOK

20.6.12

Cocares: inspirações étnicas

Até algum tempo atrás, o cocar era apenas usado por tribos indígenas e africanas ou mulheres exóticas da década de 20. Com a invasão hipster, eles se tornaram os queridinhos das meninas que não fazem parte do mainstream. Fotos de meninas gringas com cocares tornou-se cada vez mais frequente em sites como Tumblr e We Heart It. A tendência para moda inverno desse ano é o estilo Navajo e indígena, que foram trazidos às passarelas pela grife Alessa no início do ano. E nada mais étnico, fashionista e - um pouco - hipster que um cocar para combinar com as franjas navajo.  

In old days only Indian and African tribes or exotic women of the 20's used to wear headdress. Lately many hipsters have worn it. Pictures of hipsters girls wearing the headdress have appeared on Tumblr and WHI. Winter's trend this year is Navajo style that appeared in the fashion show of Alessa at the begin of the year. And nothing more ethnic, fashion and a little bit hipster than a headdress, right?

Um pouco de história: sua função varia de tribo para tribo, pode ser usado como simbolo de status e poder ou em cerimônias e guerras. Era apenas usado pelos homens das tribos. É também um grande simbolo de respeito e nunca poderia ser usado sem a permissão dos líderes das tribos. Geralmente é feito de penas e tirar de couro ou outro material.

A little bit of history: the headdress was worn in war battles or ceremonies of the tribe. And it was only worn by the men. Headdress is a highly sign of respect and couldn't be worn without permission of the leaders. It's made of feathers and leather.

O que acharam do post de hoje? Inspirador né? Beijos :))
What did you think of the post? Inspiring or no? Kisses:))

FOTOS: WE HEART IT
FONTES: WIKIPEDIA

18.6.12

Pre Spring/Summer 2013 Paris - Valentino



A semana de moda parisiense começa no dia 27 de junho. Mas a grife italiana Valentino já exibiu suas produções no Pre Spring/Summer 2013. A pré-coleção da marca está com uma vibe bem sessentista. Vestidos acinturados e florais, bem a cara da primavera; conjuntos, casacos com rendas, transparência, tons quentes e pastéis e mais rendas. A legitima lady dos anos 60. 

O que acharam da pré-coleção do Valentino? Beijos :)
FOTOS:BRITISH VOGUE 
FONTES: BRITISH VOGUE

16.6.12

A elegantíssima Edie

Edie Sedgwick não foi apenas mais uma socialite americana. Ela foi um ícone, musa, inspiração e It Girl. Sedwick nasceu Santa Barbara, Califórnia em 1943. Conheceu Andy Warhol em 1965. No famoso estúdio do artista, The Factory, foi onde ela filmou o filme Vinyl. Ela também estrelou os filmes Poor Little Rich Girl e Beauty No. 2. Edie frequentava as famosas festas de Warhol junto com outras superstars do artista e a banda Velvet Underground que lhe dedicou a música Femme Fatale. Nessas festas, Edie mostrava seu estilo: ela adorava usar casacos faux fur e vestidos futurísticos em paetê. 

Edie Sedgwick wasn't just another American socialite. She was an icon, muse, inspiration and it girl. Sedwick was born in Santa Barbara, California in 1943. She met Andy Warhol in 1965. In the famous  studio The Factory, was where she filmed the film Vinyl. She also starred the films Poor Little Rich Girl and Beauty No. 2. Edie was one of Andy's superstars. In the same year she met the band Velvet Underground who dedicated the song Femme Fatale. 
Meia-calça, vestidos curtos, brincos grandes, brilho, plumas e muitos acessórios eram a marca dela. Seu estilo era ousado e, ao mesmo tempo, inocente. O penteado curto e desfiado fez com que Edie se tornasse musa dos anos 60 e ícone do estilo gamine. Na maquiagem, olhos bem marcados em sombras de tons marrons, preto e dourado. Depois de distanciar-se do mundo underground de Warhol, Edie Sedgwick passou a viver no famoso Hotel Chelsea. Lá ela conheceu o músico Bob Dylan. Depois de terminarem o relacionamento, ele lhe dedicou a música Like A Rolling Stone. Edie faleceu em 1971, porém seu estilo e elegância influenciaram várias gerações. 

Pantyhouse, short dresses, faux fur, sequins, big earrings, feathers and many accessories. Edie loved the 60's futuristic style. Her style was also innocent. The short hairdo made her become muse of 60s and  gamine style icon. In the make-up, eyes marked in shades of brown, black and golden. After distancing herself from the world of Warhol, Edie went to live in the Chelsea Hotel. There she met the musician Bob Dylan. After breaking-up, he dedicated to her the song Like A Rolling Stone. Edie died in 1971, but her style and elegance have influenced many generations.

O que vocês acham desse ícone dos anos 60? Beijão <3
What do you think of this 60's icon? Kisses <3

FOTOS: TUMBLR e WE HEART IT
FONTE: WIKIPEDIA e LIVRO MÚSICA & MUSAS

14.6.12

SPFW Verão 2013- Iódice




O desfile da grife Iódice é um dos que eu mais espero no São Paulo Fashion Week. A marca sempre investe em novas tendências e, essas tendências sempre acabam me chamando a atenção. O desfile dela no SPFW foi terça-feira, dia 12. O tema desse ano foi águas do mar. As estampas gráficas e coloridas cobriram até os sapatos que apareceram no desfile. O toque vintage veio com a aposta dos round sunglasses, que deixaram as modelos parecendo típicas ladies da década de 60. Tachas, couros e vestidos em tecidos leves mostraram o verão retrô apostado pela marca paulistana. Na maquiagem, blush bem aplicado e batons em tons de rosa bem aberto. 

Eu me apaixonei pelo desfile da Iódice e vocês, o que acharam? Beijão <3
Fotos: Vogue, Google
Fontes: Vogue e Garotas Estúpidas

12.6.12

Je T'aime ♥

Jane Birkin e Serge Gainsburg foram muito apaixonados um pelo outro. Mesmo com a grande diferença de idade, o amor deles era maior. E esse grande amor, resultou na filha, a atriz e cantora Charlotte Gainsbourg. A música Je T'aime moi non plus foi escrita para Brigitte Bardot, porém foi Jane quem fez o dueto com Serge. Seu lançamento foi um escândalo e em muitos lugares ela foi censurada. Jane e Serge se separaram em 1980, porém continuaram sendo amigos. 

Jane Birkin and Serge Gainsbourg were very enamored one for another. Even with the years apart in age. And this big love resulted in the birth of their daughter, singer Charlotte Gainsbourg. The song Je T'aime moi non plus was written for Brigitte Bardot, but it was Jane who did the duet with Serge. The release of the song was a scandal and it came to be censored in some countries. Jane and Serge separated in 1980, but remained friends.



Feliz Dia dos Namorados a todos os namorados e namoradas 

Fontes: livro Músicas e Musas
Foto: We Heart It

10.6.12

Cher Lloyd e o novo retrô

Descobri Cher no tumblr e desde então me apaixonei pelo seu estilo retrô. Tatuada e cheia de atitude e personalidade, ela conquistou o Reino Unido e depois, o mundo. Cher Lloyd nasceu em Malvern, no condado de Worcestershire, Inglaterra. Apesar de madura, ela ainda tem 18 anos de idade. Suas influências são Cheryl Cole, Nicki Minaj, Rihanna e, é claro, Cher. Elementos vintage da década de 50, como cintura alta e bolinhas quase sempre estão presentes nas produções dela. Misturados com o seu estilo streetwear, ela anda reinventando o retrô. Quem disse que estilos tão diferentes como streetwear e vintage não podem ser combinados? 

Since I've discovered Cher on tumblr I've fallen in love with her retro style. Tattooed, she has a lot of attitude and personality. And perhaps that's why she has won the UK then the world. Cher Lloyd was born in Malvern, county of Worcestershire, England. She's just 18, but she's very mature. Her influences are Cheryl Cole, Nicki Minaj, Rihanna and, of course Cher. Vintage items such as high waist and polka dots are often in her outfits. Mixed with her streetwear style, she is reinventing the retro style. Who said these different styles cannot be matched?







Então o que acharam do estilo da Cher Lloyd? Beijão 
What did you think of her style? Kisses 
                                                                                                                       Fotos: Tumblr e We Heart It

8.6.12

Uma caixinha de surpresas

Na quarta-feira, dia 6, eu recebi um presente de uma amiga especial. Eu não fazia a minima ideia do que estava ganhando. Abri a sacola e vi que era um presente muito vintage. E como o blog fala sobre vintage em geral, decidi compartilhar com vocês. O que foi que eu ganhei? Uma caixinha que continha quatro lindos macarons. Eles são da fábrica francesa Ladureé e vieram diretamente da França.

On Wednesday, 6th, I received a present from a very special friend. I didn't know what I was going to win. I opened the bag and I saw a vintage gift. And well, my blog is about vintage in general, so I decided to share with you some pictures of this gift. What did I win? A little box that contained four beautiful macarons. They are from the French factory Ladureé and they came from France.












O que acharam do post especial de hoje? Beijão <3
What did you think of this special post? Kisses <3

6.6.12

Por um inverno mais vintage: Brogues

Fofos e confortáveis, os brogues conseguiram, aos poucos conquistar os corações das fashionistas de plantão. Eles são originários da Escócia e da Irlanda, além de, antigamente, serem usados apenas por homens. Por serem sapatos antigos e feitos de couro (por isso têm o tom amarronzado), eles sempre são associados aos estilos vintage e boyish. Não sabe com que roupa usar o seu brogue? Dê uma olhada nos looks abaixo.

They're cute and comfy and gradually won the hearts of fashionistas. I'm talking about the brogue shoes. They were created in Scotland and Ireland, and before only men could wear them. They are very old and made of leather; and its figure is always associated with the vintage and boyish styles. Don't you know how to match your clothes with your brogue shoe? Take a look at the outfits below.
Para uma produção com ar mais vintage, aposte em um vestido sessentinha ou uma saia plissada. O brogue pode ser em tons que vão de bege à marrom claro, para uma produção diurna. Ou em tons de preto e marrom escuro para uma produção noturna. Adicione uma par de meias rendadas em tons de bege e pastel ou estampas.
If you like vintage style, what about a 60's dress? It's very cute and stylish. Or you could wear a pleated skirt. The brogue can be in tones of beige, for a daily outfit. Or in tones of black and dark brown, for a night outfit. You can put lacy socks in tones of beige and pastels.
Se seu estilo for mais básico, que tal apostar na velha combinação de blusa branca e calça jeans? Não tem como errar com ela, né? Seu brogue pode ser em vários tons; de branco ou pastel à preto. Para deixar a produção mais cult/hipster, adicione uma ecobag com uma foto ou estampa bem legal.
If you are more basic, you can match your brogue shoe with a white t-shirt and denim trousers. You can match it with different tones of brogue shoes. If you like that cult/hipster style you could add an ecobag in your outfit.

O que acharam da postagem de hoje? Beijão <3
What did you think of the post? Kisses <3

Fotos: We Heart It
Looks: Polyvore

4.6.12

Livro: Músicas & Musas

Músicas & Musas é um livro que conta as várias histórias por trás de muitas canções. Destacando as musas inspiradoras de canções que nos sensibilizaram. Muitas dessas musas eram namoradas, esposas ou até mesmo desconhecidas. Porém, foram eternizadas em temas que embalaram nossas vidas. No livro você descobre quem foi Carrie Anne, música dos mesmo título do grupo The Hollies; quem fora Prudence da música Dear Prudence dos Beatles, etc. Quem gosta de música vai adorar esse livro. 

The Girl in the Song is a book about the stories behind many songs. It's pratically about the muses of the songs that touched us. Many of these women really knew the musicians, other were unknown. But then, they inspired  those songs we like. With this book you discover many things about these muses. Who likes music will love it.

O blog Vintage Iz, chegou a marca de 400 seguidores. Gostaria de agradecer a todos aqueles que seguem, leem, comentam e visitam meu humilde bloguinho. Muito obrigada gente!!

2.6.12

Charleston, você dança?

Charleston foi uma dança muito popular na década de 20. Ela ficou famosa na França, pela dançarina norte-americana Josephine Baker. Seu nome origina-se da cidade de Charleston localizada na Carolina do Sul, Estados Unidos.  Essa dança era famosa em boates e cabarés. Mulheres usavam o cabelo a lá garçonne; curto e extremamente liso. Nessa dança, as mulheres mexem seus vestidos, muitos deles com franjas. Conheça um pouco mais dessa dança com as fotos abaixo.

Charleston was a very popular dance in the 20s. It became famous in France, by the American dancer Josephine Baker. Its name originates from the city of Charleston located in South Carolina, United States. This dance was famous in nightclubs and cabarets. Women used to wear their hair "a la garçonne"; very short and straight. Women used to shake their dresses while dancing. Know a little more about this famous dance with the photos below.







O que acharam dessa dança? Não dá vontade de dançar? Beijos <3
What did you think? Did you like it? Kisses <3

Fotos: Tumblr e We Heart It
Fontes: Wikipedia